1. Contacte-nos se precisar de algum esclarecimento.

Visita de estudo a Coimbra – 9º anos

No passado dia 8 de novembro, durante a manhã, os alunos das turmas do 9º ano da Escola Básica Infante D. Pedro de Penela tiveram a oportunidade de ver a peça de Gil Vicente ”Auto da barca do Inferno” no Teatro da Cerca de S. Bernardo.

Eu gostei muito de assistir à Embarcação do Inferno, porque foi uma peça muito bem representada em termos de projeção de voz e em termos de linguagem.

Acho que o vestuário foi o adequado para cada personagem, apesar de achar um pouco estranho o facto do Anjo estar vestido de uma cor que não era muito usual, já que era um Anjo e este encontrava-se vestido de verde-azulado. De qualquer forma, os figurinos são escolhidos pelas companhias teatrais e não têm de ser sempre iguais.

Esta peça ajudou-nos a perceber como é o teatro ao vivo, já que nunca tinha ido ver nenhum.

Na minha opinião, ser ator não é uma profissão fácil, pois exige muito trabalho e muito esforço, para quem se dedica só e apenas só a essa profissão. Realmente, estes profissionais têm de decorar as suas falas consoante os seus papéis e estas têm de ser muito bem interpretadas, senão a peça fica arruinada, se houver algum esquecimento ou alguma falha.

Concluindo, o Auto da Barca do Inferno é uma peça muito interessante e acho que a peça deve ser apreciada e vista pela sociedade.

Trabalho realizado por: Beatriz Silva Nº 2 9ºB



Notícias

Os alunos dos 8º anos, turmas A e B, deslocaram-se no dia 5 de dezembro à Escola Tecnológica e Profissional [...]

Clicar na imagem para visualizar os trabalhos  Alunos da Prof.ª Clara Valada  

Clicar na imagem para visualizar os trabalhos  Alunos da Prof.ª Leonor Almeida

No âmbito do Clube Europeu/Parlamento dos Jovens e da disciplina de Cidadania e Desenvolvimento, a nossa Escola teve a honra de [...]

“Este ano letivo em Oficina de Ciência e Robótica”, os alunos do 8º ano desenvolveram uma aplicação informática chamada “Descobrindo [...]

O nosso S. Martinho Foi no dia 8 de Novembro que decorreu o nosso magusto. Já era noite quando se [...]

Arquivo notícias