1. Contacte-nos se precisar de algum esclarecimento.

QUANDO PROCURAR UM TERAPEUTA DA FALA?

Quando procurar um Terapeuta da Fala? Quais os sinais de alerta a que deve estar atento? Normalmente as crianças são encaminhadas para a Terapia da Fala, pelo Médico de Família, pelo Pediatria ou pelo próprio Educador ou Professor. Porém com o conhecimento e despertar para esta profissão, as pessoas começam a estar atentas a diversos sinais de alerta que indicam a necessidade de uma avaliação por parte do Terapeuta da Fala. Todas as alterações que comprometam a comunicação sob todas as suas formas e/ou o processo de mastigação e deglutição devem ser motivo de procura de um Terapeuta da Fala em qualquer idade.

No caso das crianças existem diversos sinais de alerta que se devem ter em consideração durante o seu desenvolvimento. Torna-se importante salientar que cada criança é única e tem o seu próprio ritmo, contudo há capacidades que devem estar presentes em cada faixa etária. Exemplificando: Não se espera que uma criança de 3-4 anos consiga articular todos os sons e as palavras corretamente! Só algumas crianças são mais precoces neste aspeto. Alguns sons da língua portuguesa são adquiridos mais cedo, outros sons apenas são consolidados aos 5 anos de idade, como o /r/ e o /l/. Assim, não se pode esperar que alguns sons estejam adquiridos na sua totalidade quando a criança ainda não tem idade para tal.

Sinais de Alerta em Crianças

  • Tem 2 anos e não fala?
  • Tem dificuldade a compreender o que lhe dizem?
  • Apresenta um vocabulário reduzido para a idade?
  • Não brinca, nem interage com os outros?
  • Tem dificuldades em memorizar e/ou acompanhar canções infantis?
  • Não pronuncia algum som ou diz incorretamente?
  • Troca sons quando fala?
  • Parece que fala pelo nariz?
  • Tem mais de 4 anos e gagueja?
  • Não gosta de ler?
  • Demora muito tempo a ler?
  • Troca letras na leitura e na escrita?
  • Escreve com muitos erros e apresenta uma caligrafia ilegível?
  • Grita muito e fica rouca com frequência?
  • Há necessidade de adaptar o seu discurso quando fala com a criança?
  • Ainda come tudo passado e já não tem idade para isso?

Estes são alguns dos sinais, aos quais se deve estar atento! Se respondeu que sim a alguma das perguntas acima, torna-se necessário solicitar uma avaliação em Terapia da Fala, junto do professor/educador do seu educando, para despistar quaisquer dificuldades que lhe comprometa o seu desenvolvimento comunicativo e linguístico.

Suzana Mariano – Terapeuta da Fala

0001

0001-2

Dia da Europa

Todos os anos, em 9 de maio, comemora-se o Dia da Europa, também conhecido como Dia da União Europeia,e festeja-se a paz e a unidade do nosso continente. Esta data assinala o aniversário da histórica “Declaração Schuman”, proferida em Paris, em 1950, pelo então Ministro dos Negócios Estrangeiros francês. Nesse discurso, Robert Schuman expôs a sua visão sobre uma forma de cooperação política na Europa, que inviabilizaria a eclosão de uma nova guerra entre países europeus. A sua ideia passava pela criação de uma instituição europeia supranacional, encarregada de gerir em comum a produção do carvão e do aço. Com base na proposta de Schuman, nasceria, assim, a CECA, em 1951, constituída por seis países, dando, mais tarde, em 1957, origem à CEE (Comunidade Económica Europeia), com continuidade na atual União Europeia. Atualmente, integram a UE 28 países, entre os quais Portugal, desde 1986.

O Dia da Europa é, juntamente com a bandeira, o hino, a divisa (“Unida Na Diversidade”) e o euro, um dos símbolos da identidade comum da União Europeia. Por isso, as representações da UE na Europa e as delegações da UE no resto do mundo organizam, todos os anos, uma série de atividades e eventos para que os europeus tenham a oportunidade de perceber a forma como as instituições europeias afetam a nossa vida.

A nossa Escola, através do Clube Europeu, em articulação com a docente de Geografia, comemorou, também,o Dia da Europa, através da realização de atividades lúdicas relacionadas com a UE (exposições no átrio e na Biblioteca, visionamento de um documentário e audição de músicas dos países europeus). Contribuíram, assim, para que os nossos alunos ampliassem conhecimentos sobre os países-membros da União Europeia, desenvolvessem a identidade europeia, contribuíssem para um aprofundamento da sua cultura geral e promovessem atividades de grupo/individuais que favoreçam o respeito pelos outros, a aceitação das diferenças e a cooperação na comunidade educativa.

O Professor

Domingos Oliveira

2019-05-09 Dia da Europa (1) 2019-05-09 Dia da Europa (2) 2019-05-09 Dia da Europa (3) 2019-05-09 Dia da Europa (4) 2019-05-09 Dia da Europa (5) 2019-05-09 Dia da Europa (6) 2019-05-09 Dia da Europa (7) 2019-05-09 Dia da Europa (8) 2019-05-09 Dia da Europa (9) 2019-05-09 Dia da Europa (10)



Notícias

No dia 29 de maio, fomos a mais uma visita de estudo e última deste ano letivo. O nosso destino [...]

No passado dia 28 de maio celebrámos na nossa escola o Dia do Brincar. Um grupo de alunos do 8º ano [...]

A turma do 4º E do Espinhal, a convite da fundadora da Casa Museu Oliveira Guimarães (Paula Guimarães), encontra-se há [...]

No passado mês de maio, a equipa de escalão A de Multiatividades de Ar Livre do Desporto Escolar do nosso [...]

No dia 4/06/2019, os alunos do 8.ºano da Escola Infante D. Pedro partiram da sede do Agrupamento com destino ao [...]

O aluno vencedor da Primeira Fase – Local da 4.ª Edição do concurso nacional Literacia 3Di: o desafio pelo conhecimento, promovido pela Porto Editora,  Daniel [...]

Arquivo notícias